Secretaria Municipal de Educação adquire livros sobre cultura afro-brasileira

A Secretaria Municipal de Educação adquiriu nesta semana livros que tratam da cultura afro-brasileira para todas as escolas de educação básica. A iniciativa parte da necessidade da rede municipal em ampliar o acervo das escolas com obras destinadas a valorização da cultura africana e sua influência no Brasil e constitui uma das estratégias do Plano Municipal de Educação.Livros Afro

Desde a promulgação da Lei 11.645 de 10 de março de 2008 o estudo da história e cultura afro-brasileira e indígena é obrigatório nas escolas públicas e privadas de todo o país. Na rede municipal, além da incorporação do tema ao currículo, já é desenvolvido de forma interdisciplinar o projeto Educação para a diversidade e Africanidades que aborda a importância das contribuições das diferentes culturas e etnias para a formação do povo brasileiro valorizando a cultura, dentro do ambiente escolar e também na sociedade.

No total foram adquiridos 300 livros de 40 títulos diferentes das Editoras Mazza e Ática. Estes livros  serão distribuídos para as escolas de acordo com a faixa etária e a etapa escolar.

Entre os títulos estão obras como Meninas Negras, Minha mãe é negra sim!, Zumbi dos Palmares, Chico Juba, Orum Aye, entre outros, que valorizam a cultura e contribuem para afirmar a identidade do negro na sociedade.

A compra destes livros foi possível devido a economia dos recursos destinados a organização da V Feira do Livro. A Secretária Municipal de Educação Adriane Emily Moura destacou que esta é mais uma ação destinada a fortalecer o trabalho da cultura afro-brasileira nas escolas. “Sabemos, que é preciso avançar muito ainda nesta questão, mas estamos felizes em poder proporcionar mais um recurso para valorizar a cultura negra por meio da leitura”, destacou a Secretária.

Você também pode gostar de...